1.24.2018

[Resenha] Ordem Vermelha: Filhos da Degradação


Sinopse: Você destruiria seu mundo em nome da verdade?
A última região habitada do mundo, Untherak, é povoada por humanos, anões e gigantes, sinfos, kaorshs e gnolls. Nela, a deusa Una reina soberana, lembrando a todos a missão maior de suas vidas: servir a Ela sem questionamentos. No entanto, um pequeno grupo de rebeldes, liderado por uma figura misteriosa, está disposto a tudo para tirá-la do trono.
Com essa fagulha de esperança, mais indivíduos se unem à causa e mostram a Una que seus dias talvez estejam contados. Um grupo instável e heterogêneo que precisará resolver suas diferenças a fim não só de desvendar os segredos de Untherak, mas também enfrentar seu mais terrível guardião, o General Proghon, e preparar-se para a possibilidade de um futuro totalmente desconhecido. Se uma deusa cai, o que vem depois?
Ordem Vermelha: Filhos da Degradação é o preâmbulo da jornada de quatro improváveis heróis lutando pela liberdade de um povo, um épico sobre resistir à opressão, sobre lutar contra o status quo e construir bravamente o próprio destino. Porta de entrada para um novo mundo com inspirações de fantasia medieval, personagens marcantes e uma narrativa que salta das páginas a cada vila, ruela e beco de Untherak. O primeiro livro de fantasia que a editora Intrínseca lança em parceria com a CCXP - Comic Con Experience, escrito por Felipe Castilho em cocriação com Rodrigo Bastos Didier e Victor Hugo Sousa.

"- Alguns infernos duram mil anos; outros, um dia. Mas nenhum é melhor que outro."

Senhores, que hino de livro!! É assim que começo a compartilhar minha experiência de leitura com vocês. Aliás, creio que não será algo fácil, mas, irei tentar.

Gostaria de adiantar para vocês que o começo desse livro não é muito fácil, ele é um pouco lento e com muita informação, mas por favor, insistam porque quando começar para valer vocês não irão se arrepender. 

Vamos acompanhar a história principalmente por dois pontos de vista, Aelian (humano) e Raazi (Kaorshs), e eles são incríveis !! 

Aelian é o tipo garoto rebelde que ainda não descobriu suas capacidades pois está escravizado para pagar uma dívida familiar. 

Raazi é uma guerreira excepcional casada com Yanisha que também é Kaorshs e que conseguiu comprar sua "semi-liberdade", repararam na ironia do semi? Pois é, em Untherak ninguém é livre de verdade, vivendo a sombra de uma Deusa tirana, o povo vive escravizado, trabalhando incondicionalmente para o funcionamento daquela prisão. 

Reza a lenda que aquele pequeno pedaço de terra murado é a única coisa que restou, por trás daqueles muro somente a Degradação, um deserto que nada se tem e nada se produz. Mas... será mesmo?

A semente da dúvida é plantada quando uma figura curiosa, e muito corajosa aparece como uma sombra, enfrentando a tirania do reinado de Una, essa figura se torna conhecida como Aparição, usando um manto vermelho sangue, a cor proibida.

E o restante meus amigos? Leiam! Confie na Tia quando digo que é sensacional !

O livro é uma fantasia, distópica também escrita pelo Felipe Castilho, autor nacional ! Olha que bacana? Já tinha conhecimento de outros livros do autor, mas este foi minha primeira experiência e que estou muito muito feliz. Esse universo criado é realmente fantástico e estou sedenta por mais. Preparem seus corações e embarquem nesse universo novo e cheio de ação, reviravoltas surpreendentes, perdas irreparáveis, amizades, traição, revolução. 

Juro, não irão se arrepender, aposte !

Beijoos




Nota:




FICHA TÉCNICA 

Autor: Felipe Castilho
N° de Páginas: 448
Editora: Intrínseca
Onde ComprarAmazon / Saraiva / Submarino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores