6.25.2018

[Resenha] A Expansão


SINOPSE: Elas despertaram, famintas. Agora, enquanto o mundo afunda no caos, e pessoas são devoradas nas próprias camas, nada parece capaz de conter a expansão. Segundo livro da trilogia que começou com a A colônia.Ao receber um pacote em seu laboratório, em Washington, a dra. Melanie Guyer não poderia prever que, de um dia para o outro, a espécie ancestral de aranhas que eclodiu daquela bolsa de ovos causaria o caos no mundo inteiro. Em Los Angeles, cidadãos desesperados furam a quarentena. No Japão, uma bolsa de ovos gigantesca pulsa e brilha na escuridão. Enquanto Espingarda e Gordon tentam criar uma arma capaz de conter as aranhas, a presidente Stephanie Pilgrim é pressionada a tomar decisões com consequências catastróficas. Milhões de pessoas estão mortas. Outras milhares foram feitas de hospedeiras. Aranhas devoradoras de carne marcham por todo lugar, e a expansão está só começando. Ninguém está a salvo.

Ficha técnica
Autor: Ezekiel Boone
Editora: Suma
Ano: 2017
Páginas: 285
Voltamos em A expansão ao caos gerado pelo ataque das aranhas em A Colônia. Um mundo dividido, cheio de temores está aguardando para ver o que irá acontecer, as aranhas se foram? O mundo está seguro novamente?

Neste livro iremos descobrir que a primeira onda, com aranhas carnívoras, que mataram milhões de pessoas não foi o fim, e muito mais está por vir. Por todos os cantos se encontram bolsas de ovos, algumas com aspecto de fosséis, outras com aspecto de que irão eclodir a qualquer momento.

Medidas drásticas serão tomadas e muitos pontos começarão a fazer sentido. Mas a principal pergunta, porque elas estão aqui?, ainda está longe de ser respondida.

A trama criada por Ezekiel Boone é digna de ser exaltada, todo  o mistério por trás do surgimento das aranhas e a catástrofe sem precedentes pela qual o mundo está passando é muito bem desenvolvida.

Apesar de ter gostado muito deste volume algo que me incomodou bastante foi o arrastar das informações, podemos imaginar que elas serão necessárias em algum momento, mas meu sentimento durante esses momentos arrastados foi que o autor estava enchendo linguiça.

Enquanto o primeiro livro teve uma urgência nos acontecimentos este parece se arrastar muito mais que o necessário, tornando a leitura muito demorada e até desestimulante.

Enfim, acredito que se tivéssemos o mesmo ritmo de A colônia o livro seria muito mais prazeroso.

E você, já leu algum dos livros lançados desta trilogia? Me conte!

MINHA NOTA

ONDE COMPRAR: AMAZON SARAIVA

2 comentários:

  1. Estava bem interessada, mas isso de ter partes arrastadas me desanima um pouco. Irei ler, claro, tirar as próprias conclusões é importante, mas já irei preparada então. Adorei a opinião sincera.

    ResponderExcluir
  2. Desde pequena eu vejo filmes com aranhas assassinas, mas nunca soube da existência de um único livro que falasse do assunto até agora. Mesmo não sabendo nada sobre o primeiro livro, fiquei curiosa para descobrir onde essa trama vai parar! Uma pena ele ser um pouco arrastado, como você disse, e olha que eu já sou quase que bem anestesiada com história assim :p

    ResponderExcluir

Colaboradores