9.23.2017

[Resenha] O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Bronte


Sinopse: Essa é uma história de amor e obsessão. E de purgação, devastação, crueza. No centro dos acontecimentos estão a voluntariosa e irascível Catherine Earnshaw e seu irmão adotivo Heathcliff. Rude nos modos e afetos, rejeitado e humilhado, ele aprende a odiar, mas com Catherine desenvolve uma relação de paixão, simbiose e também perversidade. Nada destruirá a essência desse laço, porém quando ela se casa com outro homem, por convenções sociais, as consequências são irreparáveis para todos em volta. Caro leitor, você está prestes a adentrar o Inferno. Mas não hesite: a viagem valerá cada segundo. Com um olhar sensível e agudo, Emily Brontë fez de O Morro dos Ventos Uivantes um retrato comovente e um estudo da degradação humana provocada pelas armadilhas do destino. 

Resenha

Oláááá, hoje vim conversar a respeito de O Morro dos Ventos Uivantes e creio que será uma missão muito difícil. Lembrando sempre que trago apenas as minhas impressões mas gostaria muito de comentar sobre esse livro.

Vejam só, O Morro é um livro curioso sabe? A história é viciante do inicio ao fim, e não é uma história feliz, os personagens são simplesmente detestáveis !!! Talvez se salve o inquilino (um de nossos narradores) e Edgar Linton (Leia e descubra).

Sabemos que a bagagem que cada um carrega transforma as pessoas, situações difíceis impostas em determinados percursos de nossa vida, mas não consigo justificar com isso as ações de Heathcliff. 

Eu não vi amor, eu vi doença, pessoas extremamente doentes participam dessa narrativa, e por horas isso me deixava apavorada. Ao mesmo tempo a gente se depara com um lado do ser humano que existe, o lado que é capaz de tudo, mesmo que não seja encontrado com facilidade (Graças a Deus) em nome daquilo que se quer. 

Cathy é uma moça/mulher de temperamento doentio e que não mede esforços e nem consequências para ter suas vontades atendidas. Os pequenos flashs de bondade são rapidamente apagados por atitudes verdadeiramente horríveis. O que me fez gostar desse livro é a forma crua como é contado o que deveria ser uma história de amor, não fosse o domínio de sentimentos ruins que tomam conta daquelas famílias, acompanhar página a página esperando que haja algum sinal de luz em meio a tanta escuridão.

Dividido em duas partes, a mais difícil para mim foi a primeira... O gênio de Cathy é difícil de engolir. Até mesmo nossa segunda narradora, a governanta consegue conquistar pois todos pecam, o que me faz pensar "são humanos", e ai volto a me questionar até onde vai a capacidade das pessoas e até que ponto se transformam vivendo daquela maneira.

A dor tem poder de mexer com a cabeça de qualquer um que tenha que conviver com ela, mas isso justifica tanta maldade? Ou é a pessoa que já é assim por sua natureza?

Eu me encantei com a história e pensei muito durante a leitura, gostaria de reler mais vezes, afinal apesar de tudo é envolvente.
Emily foi fantástica, acho que dificilmente encontrarei uma história que trate todos esses pontos que comentei aqui. Sua obra é um grande sucesso por um bom motivo, ela é ótima no que faz.

Ficou curioso? Já leu? Contem pra mim !

Um Beijo <3


Obs: Essa edição contém notas bastante interessantes, vale a pena pagar um pouco mais e enriquecer a leitura :)


Nota:




3 comentários:

  1. Eu vejo várias pessoas que não gostam desse livro, mas como tu, eu também gostei. E que pessoas pavorosas, não é mesmo? haha

    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Patyyy esse livro debe ser forte mesmo, eu não leio livros assim apesar de morrer de vontade e já tinha visto esse livro, deve ser uma experiencia únicas e a nossa imaginação deve virar a coisa mais louca kkkkkk, amei a resenha e assim que eu tiver oportunidade pretendo ler.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Acho esse livro muito lindo assim como a história. Tenho muita vontade de ler ele, faz um tempinho que estou tentando adquirir ele para ler, mas assim que conseguir irei ler.
    Abraço
    Blog Folha de Pólen

    ResponderExcluir

Colaboradores