9.11.2017

[Resenha] A Senhora dos Mortos


SINOPSE: Um ser humano dotado de um dom extraordinário, ao ser contaminado por zumbis, se transforma no maior flagelo da humanidade. Sua memória, dos últimos momentos humanos, está mais viva do que nunca. E, agora, tudo o que ela quer é vingança e destruição. Aqui se desenrola a jornada de uma líder do mundo zumbi, formando o seu exército a partir da cidade de Canela, e atacando os focos de resistência em Porto Alegre rumo à São José dos Campos. E, a cada lugar por onde passa, cresce o número de seguidores. ... Assim começa uma vertiginosa corrida contra o tempo para impedir que sua força se torne indestrutível, decretando o fim dos humanos na Terra.Aqui os sobreviventes do apocalipse zumbi tentarão coordenar uma ação conjunta para tentar descobrir algum ponto fraco e destruir A Senhora dos Mortos antes que seja tarde demais.
Se lutar contra bandidos bem armados em A Batalha dos Mortos foi tenso, aqui você vai descobrir o que é enfrentar um ser dotado de poderes para destruir o que restou de uma terra já arrasada.
A cada novo volume, mais surpresas nesta série!


Resenha
Voltei aqui com o terceiro livro dessa série MA-RA-VI-LHO-SA e só tenho a dizer: UAU!! Rodrigo conseguiu se superar nesse volume! Antes de qualquer coisa leia o aviso abaixo ꜜꜜꜜ

A Resenha pode conter Spoilers dos livros O Vale dos Mortos, A Batalha dos Mortos e Elevador 16.

No terceiro livro da Série As Crônicas dos Mortos já começamos com uma 'prévia' do que provavelmente está por vir, uma grande batalha está por vir e agora não é contra outros humanos.

"E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro, e falava como um dragão." - Apocalipse (13,11)
Após o desenrolar dos fatos em A batalha dos Mortos (muito tiro, porrada e bomba) nos deparamos com um novo vilão, uma nova vilã na verdade, e por incrível que pareça ela é um dos zumbis.

O que aconteceria se uma pessoa dotada de poderes paranormais se tornasse um zumbi? Ela continuaria a ter esses poderes? É isso que conhecemos neste volume da série, a Senhora dos Mortos é uma pessoa que tinha certos poderes quando viva e após a morte ela quer vingança contra a humanidade.

Antes podia ser difícil enfrentar os zumbis, mas eles eram desorganizados e estavam cada um por si, mas sob as ordens de um novo ser eles se tornam terrivelmente perigosos.

"Porto Alegre seria a primeira capital brasileira a cair. Ela apenas começava sua vingança, a cada avanço seu exército se multiplicava numa proporção incontrolável. A desvantagem dos zumbis, sua falta de organização, fora resolvida com sua liderança. O pequeno equilíbrio, que permitiu a sobrevivência dos humanos, fora derrubado. E daqueles sobreviventes, nenhum foi poupado."

A Senhora dos mortos ainda mantém a sua capacidade de raciocinar e assim se torna a algoz da humanidade, aquela que quer matar e destruir a todos.

"Gritos e gemidos de zumbis se elevaram de todas as direções. Do silêncio absoluto emergiu uma sinfonia infernal de trombetas do Apocalipse."
Temos personagens retornando a alguns personagens que fizeram aparições em outros livros, como Mariana e Fabio, Ivan e Estela tem seus momentos, neste volume Ivan começa a rever um pouco as suas atitudes (que estavam bem ruinzinhas ultimamente), Estela está no final de uma gravidez e tudo pode se complicar de muitas maneiras!

Este livro foi tenso do inicio ao fim, Rodrigo vai dando aos novos e antigos personagens um objetivo, e não ficamos somente com matança, sangue e destruição (e tem muito disso viu?) temos sempre presente o elemento humano, e é o que mais me fascina na escrita do Rodrigo, ele não se perde tentando impressionar com cenas grandiosas de matança, existe um equilíbrio maravilhoso durante toda a narrativa.

"Milhares de zumbis invadiram o Condomínio Colinas ao mesmo tempo. Um número incontrolável de seres avançou pela entrada principal, se espalhando rapidamente pelas primeiras ruas e pelos quintais das casas."

A edição do livro, como todos os outros aliás, está impecável, um trabalho editorial bem feito e pensado no conforto do leitor.

MINHA NOTA


FICHA TÉCNICA 
Autor: Rodrigo de Oliveira
N° de Páginas: 278
EditoraFaro Editorial
Onde ComprarSubmarinoAmericanasAmazon

Este livro foi uma cortesia da Faro Editorial




2 comentários:

  1. Olá
    Como não tenho conhecimento sobre os outros livros, irei falar pouco. Gostai da primícia deste livro e me chamou muita atenção, se os outros forem nessa base irei gostar muito. Linda resenha, como sempre.
    Abraço
    Blog Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  2. Olá, esse livro eu quero muito ler e parece que vai ser muito bom

    ResponderExcluir

Colaboradores