[Resenha] A Guardiã - As Relíquias de Aether

"Enquanto as estrelas brilharem no céu, estaremos juntos."

SINOPSE: Aether, um reino antigo, o berço da magia. Lugar que já passou por inúmeras batalhas. Porém, a maior delas permanece um mistério: a Grande Tempestade, ou na língua antiga, o Ezjah, responsável por unificar os doze reinos.
Oito anos antes, a princesa de Khaye é prometida ao poderoso rei de Fargih como parte de um acordo de paz. Alva não sabe o que lhe espera, mas suas escolhas mudarão o rumo da própria história.
No ano de 1792, após o Ezjah, Delilah recebe uma notícia trágica. Seus pais, os duques de Khaye, estão mortos. Sua vida está prestes a mudar. Os mil e oitocentos anos que a separam da princesa são uma ilusão. O destino está para se repetir; ainda que com novos personagens.
O passado não está morto, ele se enlaça com o presente, trazendo uma nova batalha.
Cada escolha é capaz de mudar o futuro. O tempo é impiedoso, porém, há quem seja ainda mais.

RESENHA

Quando comecei a ler esse livro (cortesia da linda autora parceira Lais Lacet) me vi meio confusa com os dois pontos de vista, mas como a sinopse já explica, são duas linhas de tempo distintas que vão ir se conectando e entrelaçando e logo me peguei imersa na leitura dessa história que se desenvolve com maestria.


Enquanto temos uma visão um tanto reduzida da vida de Alva, um princesa destinada a um casamento forçado para manter a paz e garantir que seu povo sobreviva a um soberano cruel, acompanhamos com maiores detalhes a vida de Delilah, filha da nobreza que se rebela e foge a fim de se tornar uma maga, encontrando em um clã a família unida e amorosa que nunca teve em sua casa.

"É necessário dizer que, sendo filha única, a noticia de sua fuga foi anunciada durante um par de meses em todo o reino. Tornando-a alvo de buscas impensadas e perseguições atrapalhadas, causadas por um  sobrenome nobre e uma recompensa gorda. [...] Não era um necessário cartaz para reconhece-la. Os lábios finos e bem desenhados, a pele alva, os cabelos resplandecentes - tão claros que se assemelhavam ao branco - faziam todo o trabalho."

Toda a linha do tempo é baseada em um evento conhecido como Ezjah, A Grande Tempestade e tudo que acompanhamos acontece antes (pelo Diário da Rainha - Alva) e depois (através da visão de Delilah) desse acontecimento.

É bem complicado descrever esta história, já que seus detalhes são tão importantes para o enredo final, nenhum detalhe é pequeno nessa narrativa.

"Ele não é gentil, como tantas vezes ouvi dizer que os reis eram. Não há prazer nessa noite e estou certa de que não haverá nas próximas. Mas é meu dever servi-lo, para que tudo ocorra bem."
A vida de Alva se torna algo sem sentido, aprisionada por seu marido, Samad, ela não consegue ver um futuro, e apesar de ver os maus tratos que ele despeja em seus súditos todos os veneram e o ouvem sem questionar. Alva acaba se aproximando do irmão bastardo do Rei, Ahmes e aí começamos a ver um amor nascendo.

O mais interessante ocorre quando descobrindo que Ahmes é parte de um grupo rebelde que luta contra a tirania do Rei. Alva acaba se envolvendo com os rebeldes e com Ahmes e esse envolvimento cobra o seu preço, ela não consegue entender a crueldade deste Rei, e conforme ela vai descobrindo de tudo o que ele é capaz e o que ele pretende fazer para o mundo ela resolve tomar partido e fazer o que o destino reserva para ela.

Delilah sofre com a noticia do assassinato dos pais e acaba tendo que ir assumir as terras e as responsabilidades do ducado, o que ela não esperava era voltar para o clã e se deparar com um lugar que a havia esquecido, uma força queria separar ela de todos que a amavam, inclusive o seu amante, Saleh. A dor dessa desilusão é forte, mesmo assim ela consegue encontrar dois aliados, o Magister do clã e Ruby, uma amiga querida e muito forte.

"Mudar nunca é fácil, mesmo que seja necessário e que não exista outra opção. A mudança em si exige um pouco de abandono, de desprezo; de largar o que um dia lhe foi caro e deixar o passado ficar no lugar que lhe apetece. Talvez, de forma dramática, mudar signifique morrer, ou se deixar morrer, para que o renascimento seja possível - em outros ares, outros lugares, outras paisagens."

O que vemos durante os anos que se passam no livro são duas vidas semelhantes, e isso será explicado mais ao final do livro, a todo momento podemos perceber que há uma forte ligação entre Alva e Delilah a sua história e a sua força são muito semelhantes e com o passar do enredo vamos conseguindo estabelecer a ligação.

Conforme a leitura avançou, e avançou de forma muito prazerosa, eu fui descobrindo ligações que antes não tinha notado, quando resolvi o grande mistério (que eu acho que era mistério ou eu fui meio burrinha pra perceber) fiquei estática, tudo se encaixou de forma magnifica, e ao final do livro fiquei chocada e querendo mais e mais.

Agora vamos falar de referencias ( que podem ser uma viagem da minha mente hahaha).

Eu não pude deixar de notar uma semelhança com um anime que eu amo de paixão, quando comecei a conhecer o Clã Thénar não pude deixar de associa-lo as Guildas de Fairy Tail e "pesquei" semelhanças tanto no modo de agir do clã como em alguns personagens, não associei Delilah imediatamente a Lucy apesar de depois analisar algumas semelhanças (como a fuga da família nobre), também é fácil ver as semelhanças de Saleh com Natsu Dragneel e Abraham tem semelhanças com o personagem Gray Fullbuster. Além da personalidade marcante de Ruby ( e seus poderes) se assemelharem a Ezra Scarlet.



Semelhanças a parte toda a história de A Guardiã é muito original e com toda uma sutileza que vai se entranhando na sua cabeça e te colocando para pensar um pouco, nas relações entre família, nos amigos e em tudo que se pode perder no passar de poucos dias.

Esse gif me fez associar Fairy Tail a uma das ultimas cenas do livro:




MINHA NOTA


FICHA TÉCNICA

Titulo Original: A Guardiã - As Relíquias de Aether
Autor: Lais Lacet
N° de Páginas: 280
Skoob: A Guardiã
Editora: Editora Lotus
Onde Comprar: Editora Lotus


Espero que tenham gostado da resenha e que eu não tenha falado demais hihihi.
No mais estou mega ansiosa pela continuação de A Guardiã e com tudo o que vai acontecer depois do desfecho maravilhoso deste livro!

Beijinhos da Paty ;)

Nenhum comentário

Postar um comentário

Faça uma Blogueira Feliz!

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger