[Resenha] O Livro do Destino, de Raphael Miguel

A humanidade preenche sua existência com base na curiosidade. É a curiosidade responsável pela evolução da espécie, por inúmeras descobertas, melhoramentos e aperfeiçoamentos."
Ficha Técnica 
Título: O Livro do Destino
Autor: Raphael Miguel
Editora: Chiado
Páginas: 208
Ano da Edição: 2016
Idioma: Português do Brasil
Onde Comprar: Chiado Editora (Site Oficial)


Sinopse
O que você faria se recebesse um artefato capaz de alterar o destino de pessoas ao seu redor, interferir no futuro e destruir realidades? O que faria se um instrumento de tamanho poder caísse em suas mãos? Praticaria o bem ou mal? Utilizaria para sanar as desgraças do Mundo ou para alcançar objetivos egoístas? Tentaria salvar àqueles ao seu lado, ou salvaria apenas a si mesmo?
---
Eric Dias é um rapaz de recém feitos dezessete anos. Pacato, vive uma vida tranquila, sem grandes preocupações.  No entanto, um presente inusitado pode alterar para sempre seu destino e de todos ao seu redor. O que o rapaz fará com tal responsabilidade sobre seus jovens ombros?  


Resenha
O velho Regis Dias era um homem fascinante, com suas bolachas e seu chá sempre à disposição para uma boa história. Um senhor com quem se tem gosto de passar algumas horas de boas risadas e conversas.
Seu neto, Eric Dias, que o diga. Seu avô era seu melhor amigo. O menino gostava de passar as tardes após a escola na casa do velho Dias.
Porém, após o falecimento dele, Eric recebe uma herança um tanto estranha de um testamento até então não conhecido. Seus bens foram divididos da seguinte forma: Lúcia, seu filha, ficou com a casa; Gastão, um primo, com um recorte de jornal; Ermes, o neto mais velho, com o antigo carro do avó e Eric, o neto mais novo, com um livro em branco.
O menino Eric, intrigado com o que foi deixado à ele, resolve usar o livro como diário, mas é surpreendido com a tinta que é sugada das páginas. Irado com o presente inútil, Eric o deposita no fundo de seu guarda-roupas e tenta esquecer-se dele.
Já o velho Gastão não esqueceria o livro tão facilmente, ao chamar o menino Eric para falar sobre ele. O velho Gastão avisa-o que o livro é loucura, coisa de gente biruta. Com raiva de toda a situação, Eric decide que não mais pensará no livro, mas essa é uma tarefa difícil. Vez ou outra o jovem pegava-se pensando no que o misterioso livro teria de incomum.
Em uma noite, o jovem recebe uma visita inesperada: Nathaniel, o guardião. Esse homem misterioso veio de um outro lugar para ensinar ao jovem Eric como usar o livro. Os segredos estão mais perto do que nunca de serem desvendados.
O que Eric não sabe é que existe gente disposta a tudo para colocar as mãos nesse livro.

O livro flui com uma incrível facilidade e um traço de humor único, onde o autor nos dispõe uma história bem narrada e disposta em suas páginas bem escritas. Um livro delicioso de devorar ler.
Raphael nos traz as aventuras e desventuras de uma família um tanto incomum.

Minha Nota

Beijos do Ed <3

Nenhum comentário

Postar um comentário

Faça uma Blogueira Feliz!

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "