11.21.2017

[Resenha] A garota do calendário, Janeiro



Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.

A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.



 "Ele se virou e foi embora. A pele naquele ponto ainda sentia a força de seu toque."

Opinião: Deixa eu começar contando que esse foi o primeiro livro do gênero new adult que consegui concluir. Livros do gênero geralmente não são do meu agrado. Questão bem de gosto pessoal mesmo. Mas como sou uma leitora que quer sempre abrir os horizontes, sempre pelo menos tento ler. Comecei a ler esse livro sem grandes expectativas, após ver muitas postagens sobre ele. 

Nessa trama somos apresentados à Mia, uma garota que sempre teve que cuidar da família. Sua mãe lhes abandonou e o pai se entregou ao vício da bebida e dos jogos, Mia assim teve que se "responsabilizar" pela irmã mais nova. Devido ao vício em jogos o pai acaba devendo muuuuito dinheiro pra gente barra pesada e Mia se vê na situação de ter que aceitar trabalhar no negócio de acompanhantes de luxo de sua tia. 
Mia então é designada a passar 24 dias acompanhando Wes em seus compromissos. A sintonia entre eles é imediata e daí surge uma relação de amizade, carinho e claro, sexo. Eles conseguirão apenas ficar nisso? Em amizade colorida? No final do mês Mia precisa tomar um rumo. Será possível deixar os sentimentos de lado? 

Sobre os personagens, eu gostei bastante deles e a leitura desse livro se dá de forma simples e fluida. Mas não espere nada elaborado, não. É sim, um clichezão. Ás vezes me agrada ler clichês, pois tendem a ter uma leitura fácil e por vezes, é disso que precisamos.
Enfim, o livro não é dos mais empolgantes, mas vale conferir, sobretudo, se você curte esse tipo de gênero. 

"Eu o abracei bem apertado. Queria que ele soubesse como é importante para mim também, mas não conseguia encontrar as palavras."



Ficha técnica:
Autora: Audrey Carlan
Páginas: 144
Skoob: A garota do calendário - Janeiro 
Onde comprar: Amazon



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores