[Resenha] Mãe sem Manual de Rita Lisauskas

SINOPSE: A gravidez é sinônimo de alegria e bem-aventurança instantâneas, está escrito na página zero do manual das mães das novelas, filmes e contos de fada. Você vai reluzir, cintilar, sentir-se plena e absoluta desde o momento em que descobriu que vai colocar uma criança nesse mundo. Mas pode não ser bem assim. Como estamos entre amigas, vamos falar a verdade aqui. Este é um antimanual: foi criado para mostrar que nem sempre há certo ou errado quando o assunto é maternidade. Para desconstruir (e rir) dos mitos que às vezes nos fazem sentir inseguras, culpadas ou nos fazem perder muitas noites de sono à toa. Este livro é um abraço apertado em cada mãe que às vezes erra, sempre querendo acertar, e às vezes acerta, tendo certeza de que, no fundo, está errando



RESENHA

“A hora de entender a mãe da gente chegou.”

Rita Lisauskas é mãe do Samuca, e ela imaginava como seria ser mãe, será que seria tudo aquilo que os filmes e livros pintam? Ela sentiria o amor transbordar em seu corpo no momento da concepção? 
E se isso não acontecesse? O que haveria de errado? O que fazer? Como agir?


Essas são perguntas muito comuns para as futuras mamães (sim nós sentimos um turbilhão de dúvidas), só que a sociedade quer que tudo seja um mar de rosas, gravidez é uma época perfeita na vida da mulher, é isso que querem que nós acreditemos, mas Rita veio nos apoiar, porque que mulher não fica extremamente feliz quando engravida?, nos contar que a maioria dessas baboseiras sobre gravidez não passa disso: baboseiras!

A gravidez é um momento mágico sim, mas toda mulher tem duvidas, toda mulher passa por várias fases durante esses nove meses, essas 40 semanas!, e que nem tudo é perfeito.

Esse livro veio pra te apoiar, mulher que está gravida, pra te prevenir, mulher que quer engravidar e pra dizer pra mulher que já tem filhos: você não está sozinha!

“Nenhuma mãe nasce mãe, mas ela é educada a vida inteira para ser mãe. Nenhum pai nasce pai, mas os meninos são desestimulados a vida inteira a se transformar em pais. Não podem brincar de boneca, nem de casinha, nunca puderam lavar a própria roupa ou tirar um prato da mesa, como esperar que eles entendam no futuro o que é uma vida a dois?”

Eu amei este livro, Rita fala sem papas na língua tudo o que a mulher passa nessas 40 semanas de gestação e mais. É um livro que toca fundo no coração de mãe e que também demonstra que você não é simplesmente uma mãe. É humana, é mulher, é inteligente e precisa ser ouvida!




Um dos pontos que achei muito válido é sobre as visitas a recém nascidos, gente imaginem trabalhar 9 meses sem descanso e quando finalmente tira férias e pode descansar um pouco fica com a casa cheia de visitas que querem sua atenção a todo tempo!

Rita Lisauskas é jornalista e escreve no blog: Ser Mãe é Padecer na Internet, e escreve sobre vários assuntos muito pertinentes lá.

Recomendo muito esse livro!

MINHA NOTA



FICHA TÉCNICA
Titulo Original: Mãe Sem Manual
Autor: Rita Lisauskas
N° de Páginas: 112
Editora: Belas Letras
Onde Comprar: SaraivaCultura/Amazon


Nenhum comentário

Postar um comentário

Faça uma Blogueira Feliz!

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger