8.22.2017

[Resenha] As Luzes Mais Brilhantes


SINOPSE: Julién passou por uma fase terrível e seu coração ainda está despedaçado. Agora, ele decidiu viver um dia após o outro, tentando compreender as particularidades dessa cidade enorme que é São Paulo, onde ele vive, mas se sente sozinho. Porém, um dia, quando cruza a Avenida Paulista de bicicleta, ele tromba com Bruna, a aprendiz de cineasta mais diferente que já viu. Por causa desse momento tão inesperado - e quase trágico -, eles decidem tomar um café. E, depois desse café, nada mais foi como antes. Talvez algo possa surgir entre as luzes mais brilhantes da Paulista e repetidos cafés no Starbucks. Talvez eles – e os leitores – possam descobrir se e existe ou não amor em SP.


Resenha
As Luzes mais Brilhantes é aquele livro amorzinho que é ótimo pra enfrentar uma ressaca literária. Amor na medida certa. 

Julién e Bruna se conhecem de uma forma inesperada, um atropelamento (de bicicleta) em plena Avenida Paulista, depois de um café eles embarcam em um relacionamento.

Julién tem um passado conturbado, no momento mora em São Paulo, sozinho, e recebe uma mesada da mãe, um paliativo pelo abandono quando era criança, a mãe o abandonou com o pai para se aventurar, uma grande paixão em Paris. Ele sofre de depressão e a raiva que nutre pelo abandono que sofreu só aumenta mais os seus problemas. Porém desde o momento que ele atropela Bruna sua vida começa a ganhar cores.

Bruna é uma garota alegre, sempre em busca de seus sonhos, vivendo a vida com plenitude, e com esse vigor ela entra na vida de Julién, para abalar o seu mundo.


"- É ridículo, eu sei... Mas quando se está na escuridão, você se apega a qualquer coisa. A esperança é falha, mas ainda existe..."

Augusto Alvarenga dividiu o livro As Luzes mais brilhantes em cinco partes, cada uma delas com tem o nome de faixas do álbum The Earth Is Not a Dead Cold Place, da banda Explosions in the Sky e elas foram pontos chaves da criação do livro.

Eu me apaixonei pela capa, já que adoro essas capas com explosões de cores, algo que me incomodou um pouco foi a falta de divisão entre os POV'S dos personagens, que seguiam uma após a outra dentro das cinco partes do livro.

Além dos personagens principais, Julién e Bruna, temos uma participação bem ativa de personagens secundários, como Mari, a melhor amiga de Julién e seu amigo do trabalho Luan. Esses personagens mostram como é importante a amizade, principalmente quando a pessoa tem problemas como Julién.


"...Há sempre tanta raiva quando ele fala da mãe que eu gostaria de tirar tudo aquilo de dentro dele. Não que a mãe não mereça, ele é quem não merece. Ninguém merece carregar tanta dor, raiva e sofrimento dentro de si. Sempre achei que os corações tinham outros propósitos."

O amor entre Julién e Bruna é muito bonito, uma amizade que cresce e vira algo mais, achei bem tocante o modo como eles se apaixonam.

Outro ponto muito bom no livro são os locais por onde eles passam, eu não conheço São Paulo, mas consegui visualizar vários dos cenários que ele descreveu.

As Luzes mais Brilhantes é aquele romance rápido de ler, Alvarenga conseguiu emocionar com uma escrita simples, é um ótimo livro pra levar a uma viagem, para se distrair, para suspirar com uma amor lindo. Cliché? Talvez. Adorável? Com certeza. 

O livro possui uma playlist no spotify é só clicar AQUI para conhecer!

"Há tanto nele para descobrir... É como um livro excelente, que você lê querendo devorar e chegar logo ao final, mas sem querer perder o recheio. O que deixa o final longe...muito longe."
MINHA NOTA

FICHA TÉCNICA 

Autor: Augusto Alvarenga
N° de Páginas: 205
Editora: Astral Cultural
Onde Comprar: SubmarinoSaraivaCulturaAmericanasAmazon

Este livro foi uma cortesia da Editora Astral Cultural






2 comentários:

  1. Amei a capa também e parece ser muito bom o livro, ele parece que é daqueles que tira a ressaca correto? Ahhh quero ler, amo livro assim e amo ver amizade de amigas é tão lindo.

    Um beijo

    http://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu amo muito livros de romance e esse parece ser muito bom daqueles que em uma sentada você termina. Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir

Colaboradores