[Novidade] Jardins da Lua - O Livro Malazano dos Caídos

Cadê o fãs de fantasia?? Olha a novidade da Editora Arqueiro para este mês (13/03) Jardins da Lua é o primeiro livro da série O Livro Malazano dos Caídos e promete ser uma série que vai encantar os fãs de Tolkien!

“Verdadeiramente épico. Erikson não tem igual quando o assunto é ação e imaginação, e sua visão mítica é equiparável à de nomes como Tolkien.” – SF Site“Em termos de construção de universo e ambição narrativa, O Livro Malazano dos Caídos é talvez a série mais significativa da última década.” – Boston Globe


SINOPSE: Desde pequeno, Ganoes Paran decidiu trocar os privilégios da nobreza malazana por uma vida a serviço do exército imperial. O que o jovem capitão não sabia, porém, era que seu destino acabaria entrelaçado aos desígnios dos deuses, e que ele seria praticamente arremessado ao centro de um dos maiores conflitos que o Império Malazano já tinha visto.


Paran é enviado a Darujhistan, a última entre as Cidades Livres de Genabackis, onde deve assumir o comando dos Queimadores de Pontes, um lendário esquadrão de elite. O local ainda resiste à ocupação malazana e é a joia cobiçada pela imperatriz Laseen, que não está disposta a estancar o derramamento de sangue enquanto não conquistá-lo.

Porém, em pouco tempo fica claro que essa não será uma campanha militar comum: na Cidade do Fogo Azul não está em jogo apenas o futuro do Império Malazano, mas estão envolvidos também deuses ancestrais, criaturas das sombras e uma magia de poder inimaginável.

Em Jardins da lua, Steven Erikson nos apresenta um universo complexo de cenários estonteantes e ações vertiginosas que mostram por que esta é considerada uma das maiores sagas épicas.


***

“Épico. Essa é a única palavra capaz de descrever O Livro Malazano dos Caídos.

Nesta série, impérios ascendem e são derrubados, grandes exércitos combatem em batalhas monumentais, magos ultrapoderosos e mestres espadachins se enfrentam em duelos eletrizantes. E tudo isso se inicia com Jardins da lua.

Em meio a esses eventos em escalas colossais, é fácil esquecer que, assim como na vida real, são as pessoas comuns que movem a trama. Aqui, os verdadeiros protagonistas são os soldados do exército malazano, muitas vezes forçados a se envolver em eventos que mal compreendem, precisando fazer o possível e o impossível para permanecer vivos. Nesta saga, eles são capazes de levar os próprios deuses a admitirem a derrota.

Steven Erikson também segue no contrafluxo de muitos autores de fantasia ao dar destaque à representatividade. Em suas obras, as mulheres têm importância e força tão grandes quanto as dos homens. A mesma tônica de igualdade vale no âmbito da diversidade étnica e da orientação sexual. Os personagens estão ocupados demais matando dragões para se preocupar com preconceitos mesquinhos.

Essa mistura entre o épico e o humano é o que faz de Jardins da lua uma obra notável. Cada detalhe tem um propósito, e histórias aparentemente desconexas vão convergindo aos poucos e de forma natural – como um mosaico, cujas peças podem não fazer sentido à primeira vista, mas, analisadas de longe, formam uma belíssima obra de arte.

Então você, que está com este livro nas mãos, siga o conselho do próprio Erikson e mergulhe fundo, sem moderação: ‘Vá direto na jugular!’” -Eduardo Schimitt - colunista do site Intocados

Mas gente que livro lindo!!!!
Corre pra comprar na pré venda!


Nenhum comentário

Postar um comentário

Faça uma Blogueira Feliz!

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "